sexta-feira, 29 de abril de 2011

ARMAMENTO


Ariquemes: PC prende armamento pesado



camiseta polcia




















Ariquemes: PC prende armamento pesado
Operação envolveu policiais civis de Ariquemes e Cujubim e culminou na apreensão de várias armas de grosso calibre, vasta munição além de dois homens

No domingo, 25, quando aconteceu um roubo na linha LC 60 da RO, numa propriedade rural e foram subtraídos vários objetos, inclusive jóias, após o ocorrido uma equipe do GOE em patrulhamento de rotina pela região prendeu dois suspeitos e com eles alguns objetos de ouro, sendo levados para Delegacia e identificados como sendo A.C.P., 29 e C.S.L., 35.
Com os dois conduzidos já detidos, verificou-se a situação do roubo e os suspeitos foram reconhecidos como os autores do roubo, sendo autuados em flagrante.
ARMAS
Depois de A.C.P. e C.S.L., ambos com passagens pela polícia, serem entregues à Polícia Civil, as invstigações foram aprofundadas, cruzando várias informações e na madrugada desta quarta-feira, 27, deram cumprimento a um mandato de busca e apreensão na residência localizada na Rua das Orquídeas, Setor 04, e lá encontraram inúmeras armas e munições entre elas metralhadoras, fuzis, pistolas, munições de vários calibres e roupas camufladas.
LIGAÇÃO
A casa onde foi encontrada todo este armamento era onde morava C.S.L., que já estava preso acusado de ter participado do roubo a casa na LC–60.

Com isso fica demonstrada de modo ainda mais consistente a periculosidade dos investigados, que também passaram a responder por outros crimes.

Agora a Polícia Civil investiga a possível ligação destes acusados com outros roubos ocorridos na região de Ariquemes.

POLÍCIA CIVIL


Operação Desmancha Cassinos


 













Operação "Desmancha Cassinos"
Polícia Civil realiza mega operação contra o crime organizado

Inicialmente foram realizadas diligências de levantamento de informações e, após isso, na última quarta feira foi desencadeada a operação "Desmancha Cassinos". Na ocasão foram realizadas buscas em seis endereços.

A operação foi desenvolvida em etapas contando com a participação de policiais civis de diversos setores da instituição e envolveu do início ao fim mais de 40 policiais e 15 viaturas.

Foram apreendidas 88 máquinas de caça níqueis e R$ 9.156,15 reais. Ao todo, oito pessoas foram conduzidas à delegacia de polícia e presas em flagrante por participação na contravenção de jogos de azar.

Uma vez que a pena não ultrapassa dois anos, por força da lei, facultou-se aos conduzidos que assinassem o compromisso de comparecer em juízo, de modo que assim foram lavrados os Termos Circunstanciados e agendada a audiência judicial.

A operação Desmancha Cassinos ganha também importância uma vez que as referidas casas de jogos de azar visam a lavagem de dinheiro oriunda de outras atividades ilícitas, inclusive derivadas do crime organizado
.

terça-feira, 26 de abril de 2011

NOVA MUTUM PARANÁ



Delegacia de Polícia é inaugurada

O governo do Estado, através da Secretaria de Defesa, Segurança e Cidadania – Sesdec, em parceria com o consórcio Energia Sustentável do Brasil e a construtora Camargo Correia, inaugurou na segunda-feira (25), a 10ª Delegacia de Policia, que atenderá a vila de Nova Mutum Paraná e o distrito de Jacy-Paraná.
A unidade foi implantada com a finalidade de dar suporte à população da região, que antes precisava se deslocar mais de 100 km para prestar depoimento ou outro tipo de atendimento na Capital. A delegacia terá atribuição para atendimentos como crimes contra a vida; contra o patrimônio, contra a administração, crimes de violência doméstica e contra crianças e idosos, além de outros.
O prédio foi cedido pelo consórcio Energia Sustentável do Brasil, onde também funciona a Unidade Integrada de Segurança Pública - UNISP, com instalações independentes para a Polícia Civil, Policia Militar e Corpo de Bombeiros Militar, contendo áreas comuns como alojamento, copa e auditório sendo.
A área destinada a Polícia Civil é composta de dois gabinetes; comissariado; cartório; sala de termo circunstanciado; sala do Serviço de Investigações e Capturas- Sevic e copa.
A delegacia conta com 18 agentes, quatro escrivães, um datiloscopistas e dois delegados. Para o diretor executivo da Polícia Civil, Sandro Luiz Alves, a implantação da delegacia vai garantir mais segurança e agilidade à população, que dependia da 4ª Delegacia de Polícia da Capital. “Antes recebíamos um chamado e o tempo de resposta era demorado por causa da distância. Agora, com a implantação dessa nova delegacia vamos facilitar garantir a acessibilidade da sociedade aos serviços de forma mais rápida”, destacou Alves.
A Camargo Correia cedeu também, duas caminhonetes que darão suporte aos serviços.


Abrangência
A 10ª Delegacia de Polícia abrange os lados esquerdo e direito da BR 364, com início na Polícia Rodoviária Federal até o Rio Madeira, situado logo após o distrito de Abunã, que é o ponto inicial da Circunscrição  da Delegacia do Distrito de Extrema, compreendendo também o trecho da BR 425 que dá acesso a Guajará Mirim, até a divisa entre os municípios de Porto Velho e Nova Mamoré.
Serão atendidas ainda as comunidades de União Bandeirantes, Jirau, Palmeiral, Embaúba, Mutum-Paraná e Abunã, numa extensão de aproximada de 250 km.

quarta-feira, 20 de abril de 2011

Justiça decreta que greve da PM é ilegal

DECISÃO
Justiça decreta que greve da PM é ilegal
Foi publicada hoje (20) a decisão que considera ilegal o movimento de greve da Polícia Militar. Confira a 
decisão na íntegra: 




TERMINA A GREVE DA PM

Negociado os termos para o término da paralização de parte Polícia Militar em Rondônia. Batalhões começam a ser liberados e serviços voltam a normalidade. Força Nacional continua em ação e viaturas danificadas serão reparadas para que a rotina ostensiva seja normalizada. Mais detalhes em instantes nas Redes Sociais da Sesdec. Tweeter: @SESDEC_RO, Facebook - Sesdec Rondônia e pelo Blog: www.sesdecro.blogspot.com

terça-feira, 19 de abril de 2011

SESDEC


Governo afirma em coletiva que sempre esteve aberto ao diálogo






Realizada na manhã de hoje na sede da Secretaria da Segurança, Defesa e Cidadania (Sesdec) a entrevista coletiva que tratou da paralisação de uma parcela de policiais militares na Capital. Estiveram presentes o Governador do Estado Confúcio Moura, o Secretário de Segurança Pública Marcelo Bessa e o Comandante Geral da Polícia Militar, Coronel Paulo Cezar de Figueiredo.

Conforme nota oficial, o Governo de Rondônia estranha e lamenta a decisão de setores da Polícia Militar de deflagrarem movimento grevista, quando estão apenas iniciadas as discussões da pauta de reivindicações da categoria.

O atendimento a estas demandas não depende somente da vontade política do Governo, mas concretamente da capacidade do Estado de assimilar seus impactos financeiros. Segundo Confúcio Moura 10 itens foram prontamente atendidos e os outros oito apresentados dependem de avaliação jurídica, pelo fato de ferirem em alguns casos a própria Constituição Federal e a Lei de Responsabilidade Fiscal.

“Faremos todo o possível pela melhoria da qualidade de vida dos servidores, no entanto não podemos atender na totalidade, pois após a semana Santa haverá a apresentação das finanças do Estado e se for possível aumentar o máximo será feito”, explica Confúcio. “O aumento é de 6% de forma linear o que corresponde a nossa atual realidade e os parâmetros nacionais”.
 
Como é do conhecimento da sociedade rondoniense, o atual governo encontrou as finanças públicas em situação precária.
No entanto, num gesto democrático de boa vontade, o Governo mostrou-se aberto ao diálogo com a classe, tendo mantido, na última segunda-feira, canais de debate com entidades representativas dos Policiais Militares.

O Secretário de Estado da Segurança Pública, Defesa e Cidadania, Dr. Marcelo Bessa, recebeu ontem pela manhã, lideranças de quatro associações representativas dos policiais militares (Associação dos Oficiais, Associação dos Praças, Associação dos Policiais Militares de Cacoal, Associação das Esposas e Familiares e Associação dos Policiais Militares do ex-território) em reunião pacífica. A principal reivindicação – o realinhamento salarial da categoria –  foi encaminhada para as secretarias de Finanças e Planejamento para análise.

Policiamento
O policiamento da Capital não mudou sua rotina, pois foram empregados outros policiais e a Força Nacional que se faz presente no Estado está e ação juntamente com o efetivo da Polícia civil que também foi empregado no policiamento ostensivo nos casos de emergência.

O governo mantém sua posição de diálogo e espera que o movimento de greve seja suspenso, pelo bem da ordem pública e da segurança dos rondonienses.

Assim, visando não prejudicar a sociedade, o governo apela às entidades que suspendam a greve e retomem o diálogo. O governo reconhece, preenchidos os requisitos legais, o direito de greve como instrumento de reivindicações por parte da categoria.

Entretanto, não hesitará em adotar as medidas administrativas e judiciais cabíveis a fim de garantir o pleno restabelecimento da ordem pública.

Governo de Rondônia. O Estado da Cooperação.

NOTA DE ESCLARECIMENTO



O Governo de Rondônia estranha e lamenta a decisão de setores da Polícia Militar de deflagrarem movimento grevista, quando estão apenas iniciadas as discussões da pauta de reivindicações da categoria.

O atendimento a estas demandas não depende somente da vontade política do Governo, mas concretamente da capacidade do Estado de assimilar seus impactos financeiros.

Como é do conhecimento da sociedade rondoniense, o atual governo encontrou as finanças públicas em situação precária.

No entanto, num gesto democrático de boa vontade, o Governo mostrou-se aberto ao diálogo com a classe, tendo mantido, na última segunda-feira, canais de debate com entidades representativas dos Policiais Militares.

O Secretário de Estado da Segurança Pública, Defesa e Cidadania, Dr. Marcelo Bessa, recebeu lideranças de quatro associações representativas dos policiais militares (Associação dos Oficiais, Associação dos Praças, Associação dos Policiais Militares de Cacoal, Associação das Esposas e Familiares e Associação dos Policiais Militares do ex-território) em reunião pacífica. A principal reivindicação – o realinhamento salarial da categoria –  foi encaminhada para as secretarias de Finanças e Planejamento para análise.

O Governador Confúcio Moura, por sua vez, recebeu no Palácio Getúlio Vargas, representantes da Assfapom, que levaram uma pauta de reivindicações contendo 18 itens. Destes, acatou 10 e está analisando a viabilidade de outras duas.

O governo mantém sua posição de diálogo e espera que o movimento de greve seja suspenso, pelo bem da ordem pública e da segurança dos rondonienses.


Cabe aqui salientar, mais uma vez, que o orçamento que está em execução, aprovado pelo governo anterior, não previa qualquer índice de reajuste para este ano. Mesmo assim, o governo concedeu 6% de reposição a todos os servidores estaduais.  

Assim, visando não prejudicar a sociedade, o governo apela às entidades que suspendam a greve e retomem o diálogo. O governo reconhece, preenchidos os requisitos legais, o direito de greve como instrumento de reivindicações por parte da categoria.

Entretanto, não hesitará em adotar as medidas administrativas e judiciais cabíveis a fim de garantir o pleno restabelecimento da ordem pública.

Governo de Rondônia. O Estado da Cooperação.

ENTREVISTA COLETIVA - MUDANÇA DE HORÁRIO

ATENÇÃO

O Governador do Estado Confúcio Moura participará na Entrevista Coletiva, na sede da Secretaria de Segurança, Defesa e Cidadania com o Secretário Marcelo Nascimento Bessa.

O horário mudou para às 10hs
O local permanece o mesmo, no Auditório da Secretaria

ENTREVISTA COLETIVA

O Senhor Secretário de Segurança, Defesa e Cidadania, convoca a Imprensa para uma entrevista coletiva hoje às 9hs da manhã na sede da SESDEC, Av dos Imigrantes.

sábado, 16 de abril de 2011

Valorização Salarial


Desenvolver ações para um dos eixos de articulação estabelecidos pela nova gestão desta Secretaria da Segurança, Defesa e Cidadania (Sesdec), comunicamos aos nossos Servidores Militares que inicialmente estão implementados estudos, conjuntamente com as áreas pertinentes do Governo, para definição da situação remuneratória dos militares.
O pleito está sendo analisado pelos técnicos da Secretaria de Finanças do Governo, de modo a analisar os impactos financeiros e assim possibilitar a efetivação do que fora apresentado pelas Corporações PM/BM.
O entendimento da Sesdec é de que todos os postos e graduações devem ser tratados com igualdade e qualquer reposição salarial deve ser estudada de modo a garantir a plena isonomia.
Será agendada uma reunião com os representantes legais das associações de policiais militares do Estado para colocá-los a par das nossas ações e apresentar respostas aos pleitos da categoria.
Além da questão salarial, outras ações também estão sendo estudadas e serão desenvolvidas ao longo da nova gestão, contemplando também a realização de cursos, melhoria das condições de trabalho (instalações e viaturas), aquisição dos recursos materiais para o exercício da atividade policial, dentre outras, tudo dentro de critérios técnicos e eficientes, de modo a valorizar nosso profissional e motivá-lo a bem servir a sociedade rondoniense.

quarta-feira, 13 de abril de 2011

SEGURANÇA PÚBLICA


Resultados positivos nos 100 primeiros dias

Sesdec afirma que a integração das forças públicas de segurança é o caminho para redução de crimes
O início do governo Confúcio Moura na Segurança Pública foi marcado pelo estabelecimento de metas de pequeno, médio e longo prazo, focados em planejamento, visando ao final à redução gradual dos indicadores de violência no Estado de Rondônia. Para isso a Secretaria da Segurança, Defesa e Cidadania (Sesdec) entrou em ação de forma atuante em 2011.
Ações de choque operacional começaram a ser deflagradas desde o último dia 27 de janeiro, quando se iniciou a Operação Cerco Integrado, registrada como a maior operação policial desencadeada no Estado até então. A referida operação contou com o apoio irrestrito de todas as instituições públicas direta ou indiretamente ligadas à área da Segurança Pública.

Resultados
Para dar continuidade a esta política de ação integrada, deflagrou-se na sequência as operações Cerco Integrado Carnaval, Zona Leste e Fronteira, todas com resultados expressivos: 320 kg de entorpecente (mais de 90% cocaína); 150 motocicletas recuperadas; 175 automóveis recuperados; 112 veículos roubados/furtados restituídos somente pela Delegacia Especializada (PVH); 262 Mandados de Busca e Apreensão (somente nas Operações), incluindo 60 bocas de fumo desarticuladas em Porto Velho; mais de 133 armas de fogo apreendidas; 2.250 munições (inclusive de fuzil calibre 7,62); R$86.000,00 (provavelmente destinados à aquisição de entorpecente); 504 Mandados de Prisão Cumpridos no Estado, superior ao mesmo período do ano de 2010.

Jirau
O evento registrado no canteiro de obras da Usina Jirau exigiu novamente atuação imediata da Segurança Pública, que diante de um esforço conjunto por meio do Gabinete de Gestão Integrada (GGI), conseguiu preservar a integridade da população de Jaci Paraná, Nova Mutum, adjacências e de Porto Velho, sem nenhum incidente de grande monta ou gravidade. Apenas danos materiais no empreendimento foram registrados, mas nenhuma morte ou lesões nos envolvidos no evento.
Gabinete de Gestão de Incidentes com a participação de autoridades
Secretário Marcelo Bessa acompanha in loco evento Jirau

Eixos
Novos marcos foram estabelecidos por meio da definição de eixos estruturantes para a Sesdec, os quais são objeto de planejamento destinado à efetiva implementação a curto, médio e longo prazo. Ao contrário do que se noticiou inicialmente, a valorização dos profissionais de segurança pública, por meio de melhorias nas condições laborais, técnicas e remuneratórias, são alvo de planejamento da secretaria, que no devido tempo, dentro do que a lei estabelece em relação às dotações orçamentárias, serão gradualmente materializadas, pretendendo ao final do Governo comprovar ser uma administração ainda não vista, firmada na integração, inteligência policial, e promoção do bem estar social.
 Secretário da Segurança, Defesa e Cidadania Marcelo Nascimento Bessa

Homicídios Dolosos
Dados importantes comprovam a redução dos índices de criminalidade no Estado de Rondônia: No mês de janeiro, foi observada a queda de 37,74% na taxa de Homicídios Dolosos em todo o Estado em relação ao mesmo período do ano passado. Em fevereiro, verificou-se uma redução de 25,0% no mesmo índice em relação ao ano de 2010.
Tais reduções comprovam os resultados das operações e atuações conjuntas das Polícias Civil, Militar, apoiadas pelo Corpo de Bombeiros Militar, além dos demais órgãos parceiros da Secretaria.
Proporcionalmente, Rondônia figurava na 5ª pior posição em um ranking nacional de Homicídios Dolosos/100 mil habitantes nos anos de 2009 e 2010. No primeiro trimestre de 2011, a posição do Estado migrou para a 12ª colocação, com média trimestral de queda de 20,44%, comparados com os índices nacionais. Tal índice deverá ser melhorado ao longo do governo com ações específicas da Secretaria baseadas em diagnósticos de focos de criminalidade.

Bombeiros e Saúde
Toda a estrutura do Corpo de Bombeiros Militar prestou assistência na saúde familiar e remoção de pacientes das unidades hospitalares do Estado, numa verdadeira operação de guerra, auxiliando a Secretaria de Saúde em atividade de cooperação pública e atendimento social, além do atendimento da crescente demanda em relação ao trânsito.
O que chama a atenção nos indicadores destes primeiros cem dias foi o aumento do número de vitimados pelo trânsito em todo o Estado, decorrente do aumento do número de veículos automotores e casos específicos de imprudência dos motoristas. Para exemplificar, os dados do Detran/RO revelam que a frota do Estado de Rondônia em 2010 contabilizou 505.000 veículos em todo o Estado, sendo 140.000 somente em Porto Velho. Em 2011, segundo dados atualizados junto ao Detran, a frota está em 577.000 veículos automotores em Rondônia, sendo 167.000 em Porto Velho. 
    Reunião Operação Cerco Integrado Carnaval
 Reunião de Comandos de Forças Públicas de Segurança
 Canal aberto com a imprensa. TV Record
 Rádio Transamérica FM, respondendo perguntas de ouvintes 
 Reunião com Coronel Cezar, Comandante Geral da PM
 Busca de Recursos em Brasília junto a SENASP
 Convênio firmado com a UNIR para a valorização do servidor da Segurança Pública
 Programa Via Sat ao lado do Prefeito Roberto Sobrinho, Marcelo Bessa explica ações do evento Jirau
 Secretário Marcelo Bessa e o trânsito livre com seus pares Secretários de Estado
Secretário Adjunto Sesdec Ricardo Rodrigues e Dr. Claudionor Diretor Geral da Polícia Civil 
Balanço
     As operações conjuntas serão rotineiras e a partir de agora focam em crimes de forma específica. Ações contra a prática de crimes sexuais, aumento da fiscalização de trânsito, em parceria com as Prefeituras e o Detran, diminuição no número de crimes contra o patrimônio, tráfico de drogas e violência doméstica, serão alvo das ações planejadas para o ano, tendo como meta a redução de todos os indicadores de criminalidade. Entregar à sociedade uma segurança pública eficiente e parceira da população para estabelecer a paz social é a bandeira da Sesdec.

quarta-feira, 6 de abril de 2011

NOTA DE ESCLARECIMENTO



Em relação à notícia veiculada hoje sobre o problema de viaturas no município de Costa Marques, a Secretaria da Segurança Defesa e Cidadania se pronuncia ao comunicar que desde a última segunda-feira, toma ações para a resolução do problema.
Hoje foi encaminhada para Costa Marques uma viatura L-200 para suprir a necessidade. O problema chegou a este ponto, pois uma viatura está batida e está em fase de conserto e lanternagem em são Francisco do Guaporé. Outra viatura, Volkswagen – Gol está com falta de uma determinada peça, desde o final da semana passada. A Supel inicia na próxima segunda-feira a licitação para as peças da marca do veículo que está em falta.

Fonte: ACS – SESDEC/RO

terça-feira, 5 de abril de 2011

Confúcio recebe comissão de senadores

Revolta em Jirau
Confúcio recebe comissão de senadores
O governador Confúcio Moura esteve reunido na manhã desta segunda-feira (4) na sala de reuniões do hotel Rondon Palace em Porto Velho com a comissão de senadores composta pelos senadores, Valdir Raupp, Acir Gurgacz, Ivo Cassol, Blairo Maggi, Jorge Vianna e Rodrigo Rolemberg que preside a comissão, para discutir a situação das usinas de Santo Antônio Energia e Jirau que estão sendo construídas no rio Madeira. 
A comissão parlamentar veio a Rondônia para investigar os motivos que levaram a paralisação das obras das usinas de Jirau e Santo Antônio, que recebem os maiores volumes de recursos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) do governo federal e que vão gerar energia para o Brasil. 
O governador Confúcio Moura ressaltou a importância da vinda da comitiva de senadores à Rondônia que estão conversando com os sindicatos que representam os trabalhadores das usinas, a diretoria dos consórcios, os órgãos como o Ministério Público, do Judiciário, bem como autoridades do estado.
“O importante é que se resolva o problema, que a obra seja retomada e que haja liberação de recursos também para aplicação na área ambiental. Importante também que o governo federal tenha um a postura mais firme com relação a segurança do patrimônio e dos trabalhadores nos canteiros de obras” afirmou.

SESDEC
O Secretário da Segurança, Defesa e Cidadania, Marcelo Bessa foi convidado parar participar da reunião a portas fechadas com a comissão e acompanhou a comitiva até o canteiro, explanando as ações policiais e os fatos ocorridos durante os eventos registrados pela mídia nacional.

 Senador Blairo Maggi (MT) e JOrge Viana (AC)
 Senador Acir Gurgacz (RO), Secretário Marcelo Bessa, Senador Valdir Raupp (RO) e Dep. Federal MArinha Raupp (RO) durante café da manhã

 Governador Confúcio Moura em entrevista
Comissão durante Café da Manhã realizado no Hotel Rondon

sexta-feira, 1 de abril de 2011

SEGURANÇA

FONTE: http://www.rondonoticias.com.br/
SESDEC SOLICITA ANDAMENTO DE PROJETOS DAS UNISP’S

Em visita ao Departamento de Obras e Serviços Públicos (Deosp) na manhã de terça-feira
(29), o secretário-adjunto da Secretaria de Estado da Segurança, Defesa e Cidadania de Rondônia (Sesdec), Ricardo Rodrigues, solicitou o andamento dos projetos
das Unidades Integradas de Segurança Pública (Unisp) de Cujubim e da Capital.
O diretor-adjunto do Deosp, engenheiro Mirvaldo Moraes, explicou sobre o andamento
dos projetos e informou que a Unisp da capital conta com projeto diferenciado das
demais unidades que têm projeto padrão.
A Unisp da capital será construída no centro, na região do Cai N’Água. A unidade foi
planejada para ser construída com três blocos, sendo um para cada modalidade de
segurança – bombeiros, civis e militares - porém, conta com uma área central para a
coordenação dos trabalhos. De acordo com a arquiteta Cristiane Andrade, serão 2.112
metros quadrados de área construída, orçada em R$3.480.458,13, com recursos da
compensação social das usinas do Madeira. A unidade de Cujubim segue o projeto
padrão das demais existentes.
O secretário Ricardo Rodrigues explicou que os representantes dos setores de
Segurança já estão cientes de que as solicitações de obras de construção ou reformas
de unidades devem ser submetidas primeiramente à Secretaria para que sejam
adequadas ao orçamento ou para que sejam planejadas em orçamentos futuros.
Mirvaldo Moraes elogiou a iniciativa, informando que a medida facilita o andamento dos
trabalhos do órgão, especialmente para que os projetos tenham continuidade após
serem elaborados.

Dr. Ricardo Rodrigues, Secretário Adjunto de Segurança Pública - RO