quinta-feira, 30 de junho de 2011

Inicia hoje Seminário de Segurança Pública - Reforma do Código de Processo Penal


Iniciou nesta quinta-feira (30) com término para amanhã (1º de julho), no auditório da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), o Seminário de Segurança Pública que conta com o tema: "A Reforma do Código de Processo Penal Brasileiro". O seminário é idealizado pela academia de Polícia Civil (Acadepol) em parceria com a OAB seccional Rondônia. O objetivo do Seminário de Segurança Pública é capacitar os diversos operadores do direito, acerca das várias mudanças ocorridas no Código que já entra em vigor no próximo dia 4 de julho.
“É importante atualizar os profissionais sobre os novos procedimentos aplicados ao novo CPP” reitera Lucilene Gottardo, delegada e diretora da Academia de Polícia. Participaram da abertura do seminário, o Secretário Adjunto de Segurança Pública, Ricardo Rodrigues; representando o Diretor Geral da Policia Civil, delegado Pedro Mancebo; Diretora da Acadepol, Lucilene Gottardo; representando o Comando Geral da Polícia Militar, Coronel PM José Carlos; Corpo de Bombeiros, Cornel BM Dermogri Farias; Promotora do Ministério Público do Estado, Luciana Rodrigues e o presidente do Sicepol, Jales Moreira.
O Secretário Adjunto Ricardo Rodrigues representou o Secretário Marcelo Bessa que  se encontra em viagem ao Distrito Federal. Ricardo parabenizou a diretora da Acadepol, pela ousadia e empenho de reestruturar a academia da Polícia Civil, que há anos só estava servindo para a formação de turmas de novos policiais, e não desempenhava a aplicação de cursos de aperfeiçoamento. Na oportunidade lembrou ainda, da importância da união dentro da Polícia Civil para que não haja grupos formados. 
"Temos que ter em mente, que somos uma só polícia, independente de ser escrivão, agente e delegado, lutamos pela mesma causa, a segurança pública. Temos que ter orgulho de falar: Somos da Polícia Civil de Rondônia”, disse Rodrigues.


Ações
O secretário adjunto aproveitou a oportunidade para anunciar algumas ações da secretaria para este ano de 2011. A realização de cursos de capacitação para as três forças de segurança do Estado, Polícia Civil, Polícia Militar e Corpo de Bombeiros. Serão ministrados Cursos de prática operacional com 100 tiros de pistola. Ricardo disse que o número de munições pode até ser pouco, mas já se tem notícia de cursos que não atiraram nem a metade. Ele afirmou que os próximos cursos de formação terão que obedecer a risca as orientações da Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp), e que nenhun policial será formado se não tiver atirado em treinamento, no mínimo, mil tiros durante o curso de formação.
Rodrigues citou a precariedade das delegacias e quartéis da polícia na capital e interior de Rondônia, mas de pronto, disse que nada está passando despercebido, e que projetos de reforma e construção já estão concluídos a espera de recursos que virão do Banco Nacional de Desenvolvimento Social (BNDS) na ordem de 83 milhões de reais, que está só a espera da aprovação prevista para dezembro de 2011.
O secretário adjunto anunciou que a previsão da secretaria é que até o final de 2012, 90% da frota de veículos incluindo viaturas e carros oficiais serão locados. Ricardo Rodrigues em sua fala, lembrou que quando assumiu seu cargo na Sesdec como Secretário Adjunto, as viaturas locadas tinham um auto preço de locação, e que após vários estudos e negociação, conseguiu abaixar o valor gerando economia significativa.  
Antes uma viatura camionete (L-200) com capota de carroceria, custava ao estado por mês R$ 8.950, a sem capota R$ 7.500 reais, após as negociações o valores caíram para: R$ 6.800 com capota e R$ 5.900 sem capota. “Temos que trabalhar sempre objetivando a economia, que poderá ser aplicada em outras ações da secretaria”, ressalta o secretário.
Outra novidade prevista para acontecer nos próximos dois meses é a utilização do “Cartão de abastecimento e serviços de mecânica”, que será utilizado para dinamizar o serviço e evitar possíveis fraudes no abastecimento e peças. “Com essa nova modalidade fica mais fácil o controle das contas da secretaria”. O sistema irá informa o odômetro do veículo, o nome do motorista, o valor consumido e até o cálculo do gasto de combustíveis e peças do veículo.
Ao final Ricardo Rodrigues agradeceu a oportunidade e convidou a todos os servidores do estado, que quando possível, visitar a secretária, trazendo idéias e sugestões. “Estamos de portas abertas para recebê-los”, finalizou.

DIRETO DE BRASÍLIA!


1ª Reunião Ordinária da Estratégia 
Nacional de Segurança Pública nas Fronteiras


O Secretário de Segurança, Defesa e Cidadania de Rondônia (Sesdec), participa neste momento (manhã de quinta-feira) da 1ª Reunião Ordinária da Estratégia Nacional de Segurança Pública nas Fronteiras. Participam da reunião todos os secretários de Segurança Pública dos Estados que fazem fronteira com outros países. O palco da reunião é a sede da Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp) e é dirigida pela Secretária Nacional, Regina Miki. Rondônia está representada pelo Secretário Marcelo Bessa, juntamente com o Assessor Especial, Dr. Marcos Rezende e o Gerente Especial de Fronteiras da Sesdec, Capitão PM Marcos Freire.
Os resultados as ações da Sesdec proporcionam o colher de importantes frutos na Capital Federal. O evento é marcado pela entrega de cinco viaturas caracterizadas, um veículo modelo Van, dezenas de armas não letais de impulso elétrico e 36 capacetes balísticos, para a Polícia Especializada de Fronteira (Pefron), que ficarão sob responsabilidade da Gesfron. Amanhã serão entregues mais quatro viaturas para Companhia de operações Especiais e mais equipamentos para a polícia de Rondônia.  
"Diferente de estados com fronteiras secas, Rondônia terá atenção especial e para isso nosso planejamento já está sendo colocado em prática para que possamos ter mais recursos federais para aquisição de equipamentos e incremento das tropas que vão atuar nestas regiões", explica Marcelo Bessa. "Bases fluviais, helicóptero, embarcações e equipamentos modernos para nossa polícia que á é preparada, para que consigam mais sucesso em suas incursões a fim de combater os atos ilícitos nestas áreas de fronteira", comenta Marcos Rezende. "Temos tudo mapeado, sabemos onde empregar nossa força e estamos aqui para discutir os meios mais eficazes para que possamos atuar e gerar mais segurança a população", enfatiza o Capitão Marcos Freire.
A pauta é uma das prioridades do Governo Federal, que visa combater a entrada de armamentos e entorpecentes, bem como controlar conflitos que acontecem nas diversas regiões que fazem divisa entre o território nacional com os demais países da América do Sul. Rondônia tem atenção especial, por ser um Estado com sua divisa de mais de 1.300 quilômetros de rio, junto à Bolívia, o que compreende em outra forma de atuação visando estabelecer ações concretas de Segurança Pública.

ATENÇÃO! CURSO DO C.A.T.I.

PM AGE NO INTERIOR!

Polícia Militar em Alta Floresta D'Oeste "fecha" a sétima "boca-de-fumo" em pouco mais de seis meses.


Neste final de semana seguindo uma política de combate à venda de entorpecentes em Alta Floresta D'Oeste, policiais militares do 3º Pelotão de Policiamento Ostensivo encontraram Jovino Francisco dos Santos em flagrante delito em sua residência. Jovino tem 53 anos de idade  estava comercializando substâncias entorpecentes em sua casa. Tal fato foi identificado pelo Serviço de Inteligência do 3º Pelotão de Policiamento Ostensivo, após vários dias de acompanhamento da movimentação de conhecidos usuários de drogas no local. 
Durante a busca, foi encontrada pouca quantidade de substância aparentemente entorpecente, haja vista a grande movimentação ocorrida anteriormente, uma pequena quantia de dinheiro, em cédulas de pequeno valor e moedas, e até um documento de identidade, que segundo Jovino, foi deixado por um usuário como penhor. Foi dada voz de prisão a Jovino.
Este foi o sétimo ponto de venda de entorpecentes fechado em pouco mais de seis meses. Fonte: 3º Pelotão de Policiamento Ostensivo

quarta-feira, 29 de junho de 2011

POLÍCIAS INTEGRADAS EM AÇÃO!


Polícia apreende droga em um galinheiro na cidade de Pimenta Bueno

A Central de Operação da Policia Militar em Pimenta Bueno vem recebendo denúncias anônimas que na Avenida Pedro Costa Leite em uma chácara próximo ao Colégio Frei Silvestre há uma  movimentação de pessoas com características de usuários de drogas. Diante das informações o Núcleo de Inteligência da 3ª Companhia  passou a monitorar o local, identificando a Jonathan da Silva Sfalcini (26) vulgo Jhoni como sendo o vendedor de drogas.
Hoje foram abordadas  duas pessoas, - menores -  saindo da “boca de fumo”. Estes  informaram que Jonathan estava na Rua vendendo drogas e que era de costume ele vender drogas no Bar do Gaguinho e na lanchonete Twister. Também foi realizada abordagem em duas pessoas com características de usuários de drogas após terem entrado em contato com Jonathan na lanchonete Twister:  Wagner dos Santos Teixeira vulgo Marinbondo e Paulo Sérgio Machado.
Com  Wagner foi encontrada uma porção de droga. Ele informou que há  pouco tempo havia adquirido de Jonathan três porções de drogas e que já havia consumido duas  e que era de costume comprar drogas de Jonathan. Com Paulo nada foi encontrado. Este informou aos policiais que havia sido encaminhado ao Centro de Recuperação de Rolim de Moura, mas fugiu do local.
Em seguida foi realizada abordagem em  Jonathan. Com ele a Polícia encontrou uma porção de drogas tipo crack e R$108,50 dinheiro este provavelmente proveniente da venda de drogas. Os policiais foram até a casa de Gelson, onde Jonas está “parando” , encontrando na na parte externa da residência debaixo de um galinheiro, dentro de um tênis uma porção de drogas, e após uma cerca de arame dentro de uma moita de mato foi encontrado uma outra porção de drogas, pesando aproximadamente cinco gramas.
Diante das evidências foi dada voz de prisão a Jonathan, que foi encaminhado ao HPS Ana Neta para exame de corpo de delito, posteriormente apresentado na DPC local, ao comissário de plantão, juntamente com a droga, dinheiro e seus pertences, sendo um celular de marca LG de cor preta e uma carteira porta cédula de cor preta contendo documentos pessoais.

**
Acidente gravíssimo em Ji-Paraná


O acidente ocorreu na manhã de hoje (22), por volta das 6h20, na BR 364,  KM 12, perímetro de Ji-Paraná, na saída para Ouro Preto. Apesar da gravidade da colisão, nenhuma morte foi registrada, sendo que  o caso mais grave foi o do motorista do caminhão Mercedes 608, de Rolim de Moura,  que sofreu fratura exposta da perna esquerda.
De acordo com testemunhas, o caminhão Mercedes 608 trafegava sentido Ouro Preto/Ji-Paraná, quando num determinado momento, invadiu a pista contrária e chocou-se frontalmente com a carreta Scania que seguia sentido contrário.
 O impacto da batida foi tão forte que a cabine da carreta Scania foi separada da carroceria e por sorte o motorista sofreu apenas alguns arranhões. “Não sei como, chega a ser inacreditável, mas o motorista da carreta saiu da cabine sacodindo a poeira da roupa e andou tranquilamente até a margem da pista”, comentou uma testemunha. A Polícia não informou os nomes dos acidentados.
O Corpo de Bombeiros, comandados pelo SGT BM Cilas, esteve no local e após socorrerem as vítimas até ao HM de Ji-Paraná.
**
Ladrão furta mercado e acaba detido por populares
Wellington Ribeiro Pinheiro, 23 anos, foi perseguido e detido por populares, logo após furtar um mercado localizado no bairro Dom Bosco, em Ji-Paraná. De acordo com testemunhas, a proprietária do comércio começou a passar mal e quando se ausentou para tomar água, o elemento aproveitou e furtou o dinheiro que estava no caixa. Um cliente flagrou a ação do marginal e tentou impedi-lo, mas não conseguiu.
Em seguida, Wellington saiu correndo e acabou sendo imobilizado por populares que estavam próximos ao local. A guarnição de serviço composta pelo cabo PM E. J. Fernandes e SD PM Ananias, rapidamente se deslocou para o local e, após constatar os fatos, deram voz de prisão ao acusado.
Na carteira do Wellington, os policiais encontraram uma certa quantia em dinheiro e um papelote de "Crack".
**
SEVIC da 2ª DP, fecha mais uma "Boca de Fumo" em Ji-Paraná




Após vários dias de observações a equipe de policiais civis do Sevic 2ª DP, comandados pelo delegado Luiz Carlos Hora, prendeu em flagrande delito,  Ramão Inácio Lopes, 43, proprietário de uma "Boca de Fumo" denominada "Boca do Inácio", que funcionava em uma residência na Rua T-12, entre K-2 e K-3.

Dentro da residência, os policiais encontraram vários objetos de 
procedência duvidosa e uma certa quantia de "Crack". Os cães do canil do 2º BPM, foram ao  local auxiliando  nas buscas pela residência.
De acordo com o Delegado Hora, assim que a polícia chegou no local, uma mulher, já identificada,  fugiu pelos fundos da residência carregando uma bolsa. Foram feitas várias buscas pelas imediações, mas devido as más condições dos terrenos vizinhos, não foi possível encontrá-la.

Está é a segunda vez, este ano, que a Polícia acha droga nesta residência. Na primeira ocasião, foram encontradas cerca de 70 papelotes de “Crack" e quatro pessoas foram presas, entre elas, Rosenira Cardoso Werneck, que se apresentou como sendo a proprietária da residência. A informação é do PM Luiz do 2º BPM.

POLICIA CIVIL SOLUCIONA HOMICÍDIO EM URUPÁ EM MENOS DE 48 HORAS




Através da denúncia anônima recebida pela Polícia Militar feita através do 190, por volta das 22h00min do dia 12 de junho, a qual denunciava que no interior de uma casa localizada na Linha A7, KM 03, na Zona Rural de Urupá, havia um homem morto e que o assassino seria o proprietário da residência, João Lacerda dos Santos.
 Chegando ao  endereço, a Policia Militar se deparou com a residência fechada e com o apoio da Polícia Civil, entraram em contato com a esposa e a mãe do suposto criminoso para que acompanhassem a averiguação.
Ao abrir a porta da residência, os policiais encontraram um homem caído ao solo, já sem vida, com várias perfurações pelo corpo. Ele foi identificado como Ronivon dos Reis e de acordo com a perícia técnica, provavelmente o assassino usou um facão para matar a vítima.
Após verificação do homicídio a equipe do Sevic desta UNISP, deliberou várias diligências no intuito de localizar o suposto infrator o Sr. JOÃO LACERDA DOS SANTOS. Diligências estas realizadas na zona urbana do município de Urupá como também na Zona Rural do referido município, dentro de matas deste rincão rondoniense. Após incansáveis buscas a Polícia Civil veio a lograr êxito na captura do infrator, o qual confessou o crime, crime este, que chocou a sociedade Urupaense tanto pela forma cruel do delito, como também pela brutalidade com a qual o infrator ceifou a vida da vítima.  
    

terça-feira, 28 de junho de 2011

SESDEC em D.F. na Câmara Federal discute ações para Conflitos Agrários.

 Marcelo Bessa em D.F. discute ações para resolução de conflitos agrários

O Secretário de Segurança, Defesa e da Cidadania, Marcelo Nascimento Bessa, ao lado do Gerente de Integração, Major PM Ronaldo Correa e do Assessor Jurídico da Sesdec, Marcos Rezende, estão em Brasília, participando da Audiência Pública conjunta entra a Comissão de Constituição e Justiça e a Comissão de direitos Humanos e Minorias da Câmara dos Deputados. 
O tema é: “Violência e impunidade no campo: O recrudescimento da violência e da impunidade, em especial nos casos de Corumbiara e Eldorado dos Carajás”. O encontro reúne autoridades de várias esferas e busca discutir formas de atuação para a resolução de conflitos agrário no Norte do Brasil.
Participam também do encontro José Ulisses Manaças Campos - Representante do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST); Dom Landislau Biernaski - Presidente da Comissão Pastoral da Terra (CPT); Francisco Batista da Silva - Representante do Movimento Camponês de Corumbiara (MCC); Josimar Pereira de Freitas - Representante do Movimento de Eldorado dos Carajás; José Eduardo Cardozo - Ministro da Justiça; Gilberto Carvalho - Ministro-Chefe da Secretaria-Geral da Presidência da República; Maria do Rosário - Ministra-Chefe da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República; Desembargador Gercino Silva - Ouvidor Agrário Nacional e Gabriel Wedy - Presidente da Associação dos Juízes Federais do Brasil (Ajufe).
Mais informações a qualquer momento.

segunda-feira, 27 de junho de 2011

GGI Cavalgada Expojipa - II

Reunião que define as regras para a Cavalgada da Expojipa define normas para a segurança de brincantes e animais. O Secretário de Segurança Marcelo Bessa e o  Promotor de Justiça, Fernando Rey de Assis comandaram as ações. As normas foram decididas pelo Gabinete de Gestão Integrada (GGI) em conjunto com as Forças Públicas de Segurança, representantes de Blocos e Trios, além da imprensa. A partir de agora o planejamento das ações serão encaminhados as autoridades para que seja montada as ações de fiscalização. Tudo deve estar alinhado até 72 horas antes do início do evento que está marcado para o próximo dia 9 de julho. 
A reunião também abordou as condições de segurança para os brincantes, animais e condições para o uso deles, bem como de veículos de tração motor ou animal, caracterizados com alegorias e trios elétricos. Foi dado um prazo de 72 horas para que a Associação Rural ou algum interessado para assumir a responsabilidade do evento, lavrado em ata na reunião.

Mais detalhes sobre todas as decisões, amanhã aqui neste blog.

GGI Cavalgada Expojipa


Começa a reunião do Gabinete de Gestão Integrada (GGI), que faz parte das ações da Secretaria de Segurança, Defesa e Cidadania (Sesdec), para tratar das permissões para a realização da Cavalgada da Expojipa. O tradicional evento pode sofrer alterações e até impedimento caso não haja quem assuma a cavalgada e suas consequências. O Secretário de Segurança Marcelo Bessa, foi enfático em dizer que o objetivo não é proibir a cavalgada e sim combinar com todos os envolvidos suas respectivas responsabilidades. O evento ao longo dos anos entretém a população, no entanto, gera ocorrências diversas.

A Associação Rural não mandou representante a reunião e por telefone o contato inicial foi feito com o Presidente da entidade realizadora da Feira Agropecuária. Segundo contato a Associação não quer assumir os riscos da responsabilidade do evento. As entidades presentes trataram de discutir as ações e pedidos voltados para a segurança pública a fim de organizar o evento que será passado para os realizadores. Trato com animais, trajeto do desfile, trânsito e sua organização, além da segurança e ações policiais estão sendo tratadas neste momento. 

Participaram da reunião, representantes da Polícia Militar, Polícia Civil, Corpo de Bombeiros, Polícia Rodoviária Federal, Polícia Federal, Ministério Público, Poder Judiciário, Idaron, Secretaria Municipal de Saúde, Acadêmicos Universitários, Representantes de Blocos e outras entidades.



Mais detalhes em instantes.


Fotos: Santiago Roa Junior - ACS SESDEC

Redução de Homicídios em Rondônia

SESDEC

Números de homicídios em Rondônia 
estão abaixo da média Nacional

Uma boa notícia para começar a semana em Rondônia por meio das ações da Secretaria de Segurança, Defesa e Cidadania. Em números é possível provar a eficiência das polícias na prevenção de crimes e por meio de sua integração, que resulta na queda do número de homicídios no período de janeiro a maio, que deixa o Estado com a taxa menor que a média Nacional.
Para isso os números que apresentam esta vitória são os seguintes: Em 2010 a taxa de homicídios para 100 mil habitantes, no período de janeiro a maio era de 35. A projeção para o período de janeiro a maio em 2011 baixou para 22 no mesmo período. A média nacional é de 25 casos e com isso nos primeiros cinco meses de trabalho do novo Governo do Estado, apresenta essas mudanças que representam o empenho das ações, conforme o planejamento da pasta.
“Os esforços são para que todos os tipos e delitos sejam reduzidos. Os primeiros pontos que marcamos estão nos homicídios  que nos afasta das primeiras posições deste ranking e é o resultado da qualidade das ações apresentadas pelas forças públicas de segurança”, comenta Marcelo Bessa.

Números
No ano passado Porto Velho registrou de janeiro a maio, 167 homicídios Dolosos e somando ao interior mais 379, que totaliza 546. EM 2011 no mesmo período Porto Velho registrou 48 casos e 97 no interior, totalizando 145, o que dá esta projeção.
A Sesdec também detectou que na região do Vale do Jamari, nos municípios de Ariquemes, Machadinho do Oeste, Jarú e Buritis, os números caíram significativamente. Em Ariquemes e Machadinho do Oeste queda de registros de homicídios (jan/mai) chega à casa de 40% no período. Guajará Mirim também registra esta queda acompanhando a redução na Capital.





Números Comparativos
Capital e Interior do Estado (jan/mai)
Total 2011 – (jan/mai)

Porto Velho
Total do Interior
Total do Estado
Taxa 100 mil hab.

48
97
145
22

Total 2010 – (jan/mai)

Porto Velho
Total do Interior
Total do Estado
Taxa 100 mil hab.

167
379
546
35


Números Comparativos de Cidades do Interior do Estado (jan/mai)

Ariquemes
(Comparativo jan/mai – Taxa por 100 mil habitantes)

2010
2011
Variação %
51
31
-40%

Jarú
(Comparativo jan/mai – Taxa por 100 mil habitantes)

2010
2011
Variação %
26
19
-26%

Buritis
(Comparativo jan/mai – Taxa por 100 mil habitantes)

2010
2011
Variação %
101
73
-28%

Machadinho do Oeste
(Comparativo jan/mai – Taxa por 100 mil habitantes)

2010
2011
Variação %
89
52
-41%

Tabela comparativa de Homicídios Dolosos (janeiro a maio)
Cidade
2010
2011
Ji-Paraná
37
13
Cacoal
19
2
Vilhena
25
6
Rolim de Moura
9
2

quinta-feira, 23 de junho de 2011

Sesdec realiza Encontro Regional de Segurança Pública em Ariquemes

A Secretaria de Segurança, Defesa e Cidadania (Sesdec), realizou na quarta-feira (22), no auditório da Associação Comercial e Industrial de Ariquemes (Acia), o terceiro Encontro Regional de Segurança Pública – Comunidade e Segurança.
Objetivo do encontro foi à apresentação das ações e projetos desenvolvidos pela Sesdec, no tocante a segurança pública para a aplicação no município. Além da interação com a comunidade que expôs as deficiências e sugestões para o secretário de segurança do estado, Marcelo Bessa, que presidiu o encontro acompanhado pela sua equipe de governo.
No seu primeiro dia de visitas ao município, o secretário participou do Programa Bronca da Pesada da Rede Brasil de televisão, canal 35, apresentado pelo jornalista Ricardo Schwantes. Na entrevista Bessa convidou a população para participar do encontro e anunciou para Ariquemes a Patrulha Rural que irá atuar nas áreas mas afastadas do município e a restruturação da Polícia Rodoviária Estadual, que ainda continua com um efetivo pequeno. O secretário adjunto, Ricardo Rodrigues, confirmou que irá intensificar o policiamento ostensivo no município, já que é considerado o mais violento de todo o estado.
Pela parte da tarde, o secretário visitou a Câmara de Vereadores de Ariquemes, onde interagiu com os vereadores, e discutiram melhorias para a segurança do município. Logo em seguida a equipe se dirigiu para a sede da Associação Comercial e Industrial de Ariquemes (Acia), onde se reuniu com o presidente.
As 19hs na abertura do encontro, o secretário Marcelo Bessa, agradeceu a presença das autoridades locais e da população que compareceu em massa para acompanhar o evento. Falou das suas experiências profissionais no, Exército, Polícia Militar, Polícia Civil e por último como delegado da Policia Federal, que lhe dão autonomia para estar à frente da secretaria de segurança do estado.
Participaram do encontro o Secretário de Segurança do estado, Marcelo Bessa; Secretário adjunto, Ricardo Rodrigues; Comandante do 7° BPM, Maj. Antônio Alcantara; Presidente da OAB de Ji-paraná, Alex Sarkes; Promotora de Justiça do Ministério Público de Ji-Paraná, Tamara Padoim; Deputado estadual, Adelino Folador e demais autoridades civis e militares do município.
O secretário expôs os trabalhos já realizados e os projetos em andamento, para melhorar a atividade policial no município, e logo em seguida abriu espaço para a população e militares presentes realizarem perguntas. Um dos assuntos mais discutidos foi à precariedade das delegacias e quartéis seguido da falta de armamentos e materiais de proteção individual. Bessa anunciou um investimento na ordem de R$ 83 milhões adquiridos através do BNDS, que irá ser investido nas reformas e construção de novos quartéis e delegacias, sendo a construção de sete Unidades Integrada de Segurança Pública (Unisp) nos municípios de maior necessidade, dentre eles, Ariquemes que tem se destacado com um auto índice de violência.
O secretário Adjunto, Ricardo Rodrigues, parabenizou os trabalhos da Policia Militar, Bombeiros e Policia Civil que tem se desdobrado para manter a paz e a sensação de segurança, mesmo com as deficiências encontradas e a falta de policiais. Anunciou a previsão de mais concurso para área de segurança pública. E sobre a cautela de armas para os policiais militares, ele disse que já estão em andamento a compra na ordem de R$ 5 milhões de armas para a polícia, e que até o final do ano que vem, estará realizando a cautela desses armamentos para os policiais militares.
Devido o sucesso do encontro e o grande número de pessoas que participaram interagindo com a equipe da Sesdec, o secretário disse que irá realizar trimestralmente reuniões com as comunidades nos municípios do estado. “Só assim criando espaço para a população argumentar e sugerir soluções para os problemas vivenciados nos municípios poderemos então de pronto detectar o problema e buscar a solução”, finaliza Bessa.











































quarta-feira, 22 de junho de 2011

PROCESSO SELETIVO CANCELADO NA UNIR PARA MILITARES!!!



SESDEC

Sesdec pede cancelamento do Processo
Seletivo para militares na Unir

O Secretário de Segurança, Defesa e Cidadania, Marcelo Nascimento Bessa, determinou na última segunda-feira por meio da Portaria nº 050/11-GAB/SESDEC a instauração de Sindicância Administrativa para apuração de possíveis irregularidades no processo seletivo para Oficiais da Polícia Militar do Estado de Rondônia.
Baseado nos termos da cláusula décima sétima do Convênio nº 164/PGE-2010, firmado com a Fundação Universidade Federal de Rondônia (Unir), tendo como interveniente a Fundação Rio Madeira (Riomar), a Sesdec considerou que as notícias veiculadas pela imprensa sobre supostas irregularidades no processo seletivo, bem como a Ação Civil Pública proposta pelo Ministério Público Federal, autos nº 0007665-38.2011.4.01.4100, em trâmite pela 1ª Vara Federal da Seção Judiciária de Rondônia, levasse a esta ação por parte da secretaria.
Foram nomeados para presidir a sindicância o Capitão PM Alexandre de Lima Sousa e o Capitão BM Roberto Elói de Souza, para secretariar os respectivos trabalhos. Com tal determinação foi suspenso de forma imediata todas as fases do concurso ainda não concluídas até que seja finalizado o trabalho de apuração que objetiva a transparência do processo. A decisão já foi enviada ao Ministério Público Estadual.